Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU CÉU:


Meu céu:


Hoje pela manhã...
Meu céu, que era azul.
Já não era, tão azul assim.
Ele estava cinzento e triste.
Parecia querer, chorar.
De repente chorou, lagrimas de dor.
Junto comigo que também chorei.
O céu chorou, pela natureza.
Eu chorei, pelo o amor que perdi.
Minhas lagrimas se perderam.
Entre os pingos de chuva que caiam
E corriam em direção, aos bueiros.
Onde sumiam para não voltar.
À, tarde, o sol voltou.
Meu céu voltou a ser azul.
Já não estava mais triste.
Agora sorria para mim.
Que na minha tristeza não via.
Que alguém parou a minha frente.
Com, a mão em meu ombro falou.
Eu partindo magoada contigo.
Mas não consegui ir tão longe assim.
Por isso voltei, para vocês.
Pois este sol, este céu, mais você.
Fazem parte de minha vida.

Volnei R. Braga
 



Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 26/01/2006
Código do texto: T103978
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147468 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:07)
Volnei Rijo Braga