Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As estrelas

Sem dizer-me, sequer uma palavra
Elas me compreendem e me escutam
Em minhas confidências, nas noites
Que sinto, esta saudade desenfreada

E faço das estrelas, as minhas companheiras
Revelando para elas, este sentimento de amor
Crescente a cada dia, dentro desta alma festeira
Na suave canção, que embala este terno coração

Ah! Se as estrelas pudessem falar...
Elas revelariam tudo para você
Todos os meus secretos juramentos 
Que compartilham comigo, em meus pedidos!

Como as estrelas não falam e somente encantam!
Nesta noite, revelo para você, esta minha paixão
Repleta de almejos e desejos, que estão incontidos
E sob o encanto do luar da lua, faça-me neste leito, eternamente tua!
No silêncio da cumplicidade, desta amiga constelação.

D.A.R
Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 27/01/2006
Reeditado em 27/01/2006
Código do texto: T104474
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
2886 textos (497120 leituras)
75 áudios (27397 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:39)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor