Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do Nada me Tornei Tudo

Do Nada me Tornei Tudo
 
 
Desse incrível Nada, tornei-me Tudo!
Tornei-me brilho das Estrelas!..
Inspiração dos Poetas, sem poesia,
Amor dos desamados,
Vida para meus desatinos !
 
Larguei meu batel ao léu,
singrei mares de loucura,
forjei esperanças vãs!
Saí a tua procura!..
 
Sem ti, não viveria, nada teria
quando tudo almejava !..
Te queria em meus sonhos,
nas noites mal dormidas,
nos eternos descaminhos,
só encontrando o nada!
 
Fugi, lutei, emergi, saí de mim!
Encontrei o Tudo ,
para me acompanhar no Nada!
Finalmente, disse adeus às Ilusões,
beijei a boca da loucura,
procurando encontrar meu Tudo,
só tendo o Nada!
 
Ainda uma volta,
no descompasso da vida!
Gritei, clamei por ti!
Finalmente te encontrei!..
Não eras mais a Composição do Nada!
Encontrei  minha Composição do Tudo...
E... Fui Feliz!
 
Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"
www.albumpoeticoeda.com.br
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 27/01/2006
Código do texto: T104850

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14774 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:41)
Poeta Amor