Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O PARAISO DE UMA POESIA

O PARAISO DE UMA POESIA

A flor do tempo
é bengala do destino,
apoiando os sonhos
que sai para colher
pétalas, quando
sobem na montanha
da esperança...

Na trilha onde
o amor encontrou
um coração sedento
de desejo,
borboletas nasceram
dando volta nas estrelas
enquanto se despediam
da noite.

Para o encanto da alma.
a montanha que desejava
visitar as estrelas,
encontrou um vale
crescendo na constelação,
que as borboletas junto
com os colibris, deixaram
sementes de uma vegetação
florida de amor...

E o mar acompanhou
junto com o tempo,
que não existe no tempo,
a evolução do sonho da
montanha de ver suas
sementes se espalharem
pelo universo,
para acolher em suas
sombras o descanso
de um cometa que viaja
alem da imaginação
dos sonhos...

Todo o universo,
se apaixona com a beleza
de uma montanha,
que cresceu no meio
das estrelas,
onde pássaros sagrados
do tempo fazem
da alvorada um
coro para homenagear
o espaço divino
que o mundo
sonha em conhecer...

O sonho do desejo
de uma montanha,
deixou no infinito
um vale que
é o lugar preferido
de Deus para espalhar seus
milagres nas asas dos sonhos
que conheceram o paraiso
de uma poesia












poeta da paz
Enviado por poeta da paz em 27/01/2006
Código do texto: T104851
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
poeta da paz
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 61 anos
3694 textos (146790 leituras)
186 e-livros (26764 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:45)
poeta da paz