Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Parafraseando Francisco

Amor ,fazei de mim um instrumento de sua paz;
Quando por mim sentires ódio ,que eu te ame muito mais;
Quando me ofenderes ,que eu te perdoe muito antes;
Quando de mim discordares,que eu te compreendas muito melhor;
Quando de mim duvidares,que eu em ti acredite muito mais;
Quando comigo errares,que eu te encontre no acerto;
Quando comigo estiveres triste,que eu fique triste muito mais;
Quando estiveres nas trevas ,que eu te seja a sua luz.

Ò amor,fazei com que eu procure mais te consolar,do que te deixar sem mim,isolado.
Compreender-te,do que te deixar se explicando.
Amar-te,do que ficar te cobrando amor.
Pois é amando-te,que sou amada
Esperando-te ,que sou esperada.
Perdoando-te,que me sinto aliviada.
Pois é vivendo,Que serei sua para uma vida eterna.


Anna Karenina
Enviado por Anna Karenina em 28/01/2006
Código do texto: T104894
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Karenina
São Paulo - São Paulo - Brasil
60 textos (3750 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:39)
Anna Karenina