Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
POR TRÁS DAQUELA PORTA


A música toca em cada rosto,
Representando uma maestria,
Na mente vai dançando leve,
E cada corpo busca um compasso.

O reflexo da luz penetrava,
Por trás de um minúsculo,
E pequeno copo de cerveja.

Fumaças saindo pelas narinas,
Como se fossem chaminés,
As mãos na mesa fazem...
O sinal positivo de amor.

A música lenta e carinhosa,
Nos olhares perdidos da noite,
Por trás daquela meiga porta,

Cadeiras quase paralelas,
Pupilas arregaçadas na sedução,
Sonhos turvos e sem palavras,
Tudo por trás daquela porta.

A música agita o espaço,
Percorrendo todas as portas,
Em todas as mesas e pessoas,
Em todos os tímpanos e gritos.
Num embalo sentimental

Vestido fulgente sem o clarão da luz,
Luz negra e perdida na noite,
Das trevas das grandes ilusões,
Por trás daquela grande porta.

Por trás de uma porta,
Que não havia janelas,
Somente duas cadeiras,

Bailam dois corpos,
Com olhares diferentes,
Desaparecem os corpos,
Por trás daquela porta.

Dançando o prazer do sexo,
Perdidos na imensidão obscura,
Daquele louco e insano amor,
Que se repete todas às noites,
Numa ilusão desgovernada.

Beijos e apertos suportados,
No embalo da noite sem fim.



ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 28/01/2006
Reeditado em 12/10/2011
Código do texto: T105122
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERASMO SHALLKYTTON
Caxias - Maranhão - Brasil
4168 textos (2055899 leituras)
1 áudios (971 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:19)
ERASMO SHALLKYTTON

Site do Escritor