Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHOS

Olhos que nunca
Dizem
Nada mais do que
Preciso saber.

Olhos
Que sempre indagam
O mundo
A sua volta.

Olhos
De criança,
Num corpo escultural
De mulher,
Que invariavelmente
Suplicam
O indulto de outros
Olhos.

Olhos,
Simplesmente olhos,
Que nunca dirão
O quanto amam os olhos meus.
Gustavo Marinho
Enviado por Gustavo Marinho em 28/01/2006
Reeditado em 04/04/2010
Código do texto: T105124
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Marinho
Maceió - Alagoas - Brasil, 40 anos
82 textos (9806 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:54)
Gustavo Marinho