Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORDAS DIVINAS DA VIDA

CORDAS DIVINAS DA VIDA

Vivo do silencio
me alimento de emoção,
viajo no vento
e descanso nas estrelas,
sou espírito
em evolução, busco
na existência a palavra
que Deus ensinou.

Sou o brilho da montanha
esperando a lua
para iluminar
minha vida,
me sento na relva
dos sonhos
escutando a canção
dos anjos, tocada
por violinos encantados
de um amor celestial.

Escuto vozes
da água,
navego neste mar
de emoção,
faço companhia
as ondas que convidam
perolas que vivem
junto com as estrelas
para conhecer o céu.

Sou caminho de meu destino
recito a oração
da vida,
e marcho junto a esperança
em direção
ao templo da paz...

Sou a Fé que remove
sonhos,
sou do tamanho
de uma semente,
que virou um
pinheiro,
vivendo  da luz,
dou conforto aos
ninhos dos pássaros
que procuram em meu galhos
a continuidade da vida.

Sou um sonho,
cheio de vida,
tenho o perfume
das estrelas,
e a beleza de uma flor,
vivo no meio dos espinhos,
para me enfeitar de pétalas,
sou um trecho da oração
se dirigindo a Deus,
em gloria saudando a criação
com o carinho dos anjos.

Sou filho de Deus,
e uma alma em busca da liberdade,
conheci Jesus em sonhos
e convidei para ele morar
em meu coração,
aceitei seus milagres
e hoje vivo
na paz de uma primavera...

 






 


poeta da paz
Enviado por poeta da paz em 28/01/2006
Código do texto: T105206
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
poeta da paz
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 61 anos
3694 textos (146764 leituras)
186 e-livros (26763 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:58)
poeta da paz