Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACORDAR SOZINHO:


Acordar sozinho

Eu quisera estar.
Nestes teus lindos sonhos.
Quisera eu, ser este príncipe.
Que, te encanta, e, te faz viver.
Os mais belos, sonhos, de amor.
Quisera eu, ser, este belo príncipe.
Que vive, em teus contos, de fada.
Montado, em seu cavalo branco.
Lutando, contra terríveis dragões.
Salvando-a da perigosa fera.
Depois leva-la para casa...
Carrega-las em meus braços
Com carinho, beijar teus lábios.
Recupera-la do susto que levou.
Enquanto, eu e a fera lutávamos.
Adormecida, em meus braços,
Enquanto, nós viajamos.
Montando, meu fiel cavalo branco.
Que faz cenas de ciúmes quando a vê.
Ali, bem agarradinha em mim.
Num pinote nos joga ao chão.
Com um relincho feliz sai a trote.
Chamo-o de volta, finge que não escuta.
Deixando-me ali, a mercê do perigo.
De acordar sozinho, num sonho que não e meu;

                                            Volnei R. Braga




Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 29/01/2006
Código do texto: T105560
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147455 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:51)
Volnei Rijo Braga