Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VIDA SEMENTE DO ESTINO

A VIDA SEMENTE DO ESTINO

Quantas noites
procuramos a luz,
e quando acordamos
a encontramos dentro de
nós mesmo,
quantos dias esperamos
uma felicidade,
que durou por momentos,
quantas vezes nos
perdemos a procura
de um sonho
que habita nos desejos,
quantas lagrimas derramamos,
esquecendo de regar as
flores de nosso coração,
quantas vezes deixamos
de sorrir, por não achar graça
da vida...

Por não enxergarmos
com os olhos da alma
ficamos cegos diante
do destino,
se entregando a uma aventura
que corrompe a vida,
deixando cicatrizes
que o tempo não apaga.

Deixamos de conhecer
a esperança, por não escutar
o coração que é o templo de
Deus,
sofremos com a perda
das oportunidades,
deixamos nossa voz abafada
na escuridão do egoísmo,
e lutamos pelo que não existe.

A vida é um chamado
de Deus, mais relutamos
confinados no ego,
e só escutamos os anjos
quando a dor aperta o coração
com lagrimas do medo...

Paramos no tempo,
mas esquecemos de contar
as estrelas, nos preocupamos
com a noite e não com o sonho,
a vida pede passagem,
e fechamos as portas,
esquecendo do lado de fora
um sonho e uma liberdade.

Quantas vezes amamos,
mas sofremos por engano do
destino que se entrega
a uma aventura da paixão.
Deixamos de prestar atenção
nas mensagens do amanhecer,
com pressa e com fome da ganância,
perdemos  oportunidades,
de fazer um carinho no amor.

Alimentamos-nos na pressa,
e não temos paciência
com o tempo,
paramos na contra mão do destino,
sem identificar o segredo
que passou o dia inteiro
querendo deixar uma
mensagem no coração...

E quando o ultimo dia
se aproxima, a misericórdia
de Deus abraça esta vida
doente e cansada de uma
luta pela sobrevivência,
alimento sua alma com
doses de fé, enterrando
toda uma trajetória
de ilusão por correr
atraz do nada...










poeta da paz
Enviado por poeta da paz em 29/01/2006
Código do texto: T105604
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
poeta da paz
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 61 anos
3694 textos (146767 leituras)
186 e-livros (26763 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:28)
poeta da paz