Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0579 - Falando de amor

Falar de amor não é dizer palavras complicadas,
falar de amor é olhar seus olhos e ver a alma,
é sonhar acordado quando ando de mãos dadas
e, quando acordo, começar de novo a me apaixonar.


Ensine-me a falar da paixão, preciso dos vôos,
das noites quentes, do café depois de fazer amor,
de nossas almas além do corpo, das despedidas...
como abrigo quero dentro do outro meu corpo e o seu .


Amar é sentir a alma estampada nos olhos d'outro,
as palmas das mãos suadas à espera da outra,
o corpo frio por fora e queimando de paixão dentro,
os braços estirados quando, ao longe, vêm a amada.


Esta noite quero os sonhos, os beijos, os toques,
meu inverno atrás da janela, o verão nos sexos,
cheiros, os lambuzados de tudo, que as bocas calem,
um gozo lento até ao êxtase do ''te amo''.


Quero, um dia, fazê-la sentir minhas mãos antes dos toques,
o calor antes do corpo, o beijo antes da boca;
falar de amor é ter sentimentos puros e impuros, sadios,
é tê-la em minha alma, minha alma em seu corpo.


30/01/2006
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 30/01/2006
Reeditado em 30/01/2006
Código do texto: T105913
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116242 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:02)
Caio Lucas