Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Condenados


A ti me entrego,
Sem medo e sem pudor.
Sei o que está em minha alma,
Sinto o que meu corpo grita,
E o quanto o teu me chama.
Teu olhar me diz tudo!
Tua alma fala com a minha,
De nada temos medo,
A magia está se fez.
Eu te amo!
Tu me amas!
Eu te quero!
Tu me queres!
A vida pulsa em nós!
Paixão desenfreada,
Loucura, delírio, êxtase,
Amor, aconchego, equilibrio,
Tudo em nós.
Nada nos separa,
Nada nos prende.
Somos vida um no outro,
Somos a vida um do outro,
Condenados infinitamente ao nosso amor.


Beijos "ÐäMå Ðë ÑëG®ö"


***
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 31/01/2006
Código do texto: T106345

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146139 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:27)
Dama De Negro