Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AGORA

Agora,
que achei o meu amor,
desejo viver mais
e bem feliz.

Não pretendi jamais bens de raiz,
não quis
 luxo e fortuna a meu favor.

Busquei o bem.
O erro é um contratempo
que adentra a casa sem pedir licença.
Não sei de alguém
que evite essa presença
indesejada e má, em qualquer tempo.

Aceita Deus,
a prece  humilde e em tua graça,
acolhe meu amor e põe mais sonho
em meu sonho...
E real ele se faça.
Que se retarde,
ao máximo, a partida
e eu possa ser feliz na tua graça,
dando felicidade e amor à vida!

       SSA, 20-12-05, ás 21 horas
João Justiniano
Enviado por João Justiniano em 31/01/2006
Reeditado em 07/04/2006
Código do texto: T106432

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Justiniano
Salvador - Bahia - Brasil, 96 anos
619 textos (19607 leituras)
13 e-livros (1027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:44)
João Justiniano