Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FANTASIA

ME ASSUSTA A IDÉIA DE PERDÊ-LA
DE NÃO MAIS TER TEU ACONCHEGO
DE NÃO MAIS OUVIR, "SOU TUA"!
SÓ PARA CAUSAR DESPEITO A ANFITRIÃ, A LUA
 
SIM, O MEDO SOBRESSALTA O MEU SER
POR FICAR PRIVADO DA CANTIGA DE ACALENTAR
SER IMPEDIDO DE RECEBER TEU CARINHO
VIVER SEM TEUS ENCANTOS EM MEU CAMINHO
 
A INQUIETAÇÃO PASSOU SER COMPANHEIRA
ASSOLANDO O SENTI MENTO E O QUE EXISTE DE BOM
COMO A ENXURRADA QUE TUDO DESTRÓI  EM SUA PASSAGEM
TORNANDO O NOSSO MUNDO EM APENAS UMA MIRAGEM
 
ATERRORIZA ESSES PENSAMENTOS DE SOFRIMENTO
ESTA AUSÊNCIA IMPOSTA PELO FANTASMA DO DISTANCIAMENTO
COEXISTIR NAS RUÍNAS DAQUILO QUE CONSTRUÍMOS
E COM A LEMBRANÇA DO AMOR QUE DESFRUTAMOS
 
APAVORA SIM, MAS NÃO SEREI MAIS UM QUE CHORA
MAIS UM INEBRIANTE COM O VINHO DA IMAGINAÇÃO
MAIS UM FANTOCHE COMO O DESTINO QUERIA
NEM SOFRER POR UMA MERA FANTASIA.
 

 

 

 
 
           
Wil
Enviado por Wil em 31/01/2006
Código do texto: T106452
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2613 textos (84510 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:44)
Wil