Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEDO DE AZAR

Pensei ter medo de amar
Medo certeza não tinha
Única coisa que me afligia
Era você não me amar.

         Pétala e orvalho uma feliz união
         Tão belo quanto nosso amor
         Coisa sublime sem dor
         Nunca terá separação.

Espinho dessa bela rosa
Mal a ela não fazes
Tamanha formosura guardas
E somente a proteges.

         Pequena de porte magnífico
         Embriagas em teu aroma
         Amas num amor forte
         Maior a própria morte.
Julio Alves Filho
Enviado por Julio Alves Filho em 31/01/2006
Código do texto: T106520

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Julio Alves Filho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Alves Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
233 textos (13516 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:35)
Julio Alves Filho