Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LOUCURA

Só mesmo sendo louca,
Alucinada e inconseqüente
Para me ferir com coisa pouca
E ficar, da vida, descrente...


Ora, você não é assim tão importante
Que mereça esse meu desespero
Afinal, você é até mesmo insignificante
E o que estou sentindo, é exagero


É que um coração apaixonado
Só vê o lado bom das pessoas,
Então se torna descuidado
E fica sofrendo à-toa


Realmente, não sei o que vi em você
Devo estar ficando com disritmia
E esse coração bobo que teima em sofrer
Tem que parar com essa taquicardia


Hoje me dei um ultimato,
Vou parar com essa loucura!
Vou colar meus cacos com esparadrapo
E partir para uma nova aventura!




02.02.2005
Vitória-ES
Baby
Enviado por Baby em 31/01/2006
Código do texto: T106538
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Baby
Vitória - Espírito Santo - Brasil
587 textos (21959 leituras)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:36)
Baby