Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada mudou.


Tudo está no mesmo lugar,
Nada mudou.
Nem quero que mude,
Quero que tudo fique como está.
Quando tu voltares sentirás que está em seu lugar,
Sentirás que nunca houve adeus,
E sim um até breve...
Sentirás que tudo sempre te esperou.
Abrias a porta,
Entrarás em tua morada,
Olharei em teus olhos,
Beijarei teus lábios,
Direi que estou com saudades.
Perguntarei como foi teu dia,
Te contarei como foi o meu dia,
Riremos, tomaremos vinho,
Faremos amor,
Abraçados nos deixaremos adormecer,
Sentirás que nada mudou!


Beijos "ÐäMå Ðë ÑëG®ö"


***
Dama De Negro
Enviado por Dama De Negro em 01/02/2006
Reeditado em 01/02/2006
Código do texto: T106758

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dama De Negro
São Paulo - São Paulo - Brasil
1890 textos (146139 leituras)
2 e-livros (329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:29)
Dama De Negro