Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA COMPANHEIRA

Pedi certa vez a Deus
Desse a mim uma companheira
Ele disse mal não havia
Um dia me pertenceria.

O amor em ti se resume
Tão bela e reluzente
Tua forma assume
Envolvendo ternamente.

Pelas costas teu cabelo desce
Tal qual um véu
Nele a singeleza cresce
Mostra tua alma parece
Mais pura que mel.

Flor das flores
Entre elas a mais linda
Única que de dores
Nasce o fruto das nossas vidas.


Julio Alves Filho
Enviado por Julio Alves Filho em 02/02/2006
Código do texto: T107122

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Julio Alves Filho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Alves Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
233 textos (13518 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:28)
Julio Alves Filho