Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESPERANÇA (02)

 Esperança:

 Tênue fronteira entre a morte e a vida;

 carência de criança abandonada, sofrida;

 batalha diária do povo da periferia,

 o de ser respeitado um dia.

 Amor longamente sentido

 e de ser correspondido.

 Neste belo país, mas de tantas agruras,

 de respeito às religiões, às culturas.

 Do filho pródigo à casa retornar;

 e de toda esta estúpida e insana violência cessar.

 De um Brasil por mais igualdade,

 cidadania,liberdade e oportunidade.

 De ver seus olhos tristonhos,

 brilharem por novos sonhos.

 De saúde, trabalho e moradia,

 trazer ao sofrido povo esta alegria.

 De vislumbrar águas cristalinas,

 nos rios, mares e cascatas,

 constatar a preservação das matas,

 dos pássaros, das flores nas campinas.

 De proteção à toda fauna e flora,

 com urgência, sem mais demora.

 Do mágico instante de te encontrar,

 e muito, muito te abraçar minha criança,

 concretizar o sonho de te beijar e sempre te amar:

 ESPERANÇA


-----------------------------------------------------------

* " Só tu meu doce amor querido,
    por quem este sonho tem florido,
    não crês no coração que te pertence."

- (Não me recordo a autoria,mas passo esta jóia à voces).



Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 02/02/2006
Reeditado em 06/03/2006
Código do texto: T107342
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
7710 textos (1652129 leituras)
2 áudios (1128 audições)
88 e-livros (6117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:49)
Maurélio Machado