Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LAÇO DOS TEUS BRAÇOS


Os pés descalços deixam marcas
No jardim desperto pela manhã
Sob a luz do sol no horizonte.
Colho uma flor todos os dias,

No canteiro de rosas e espinhos.
Da fonte, brotando entre plantas,
Bebo a água fresca da alegria
Elixir revigorante da esperança

Existente nos corações.
Vibra em mim o universo...
Destranco imaginárias gaiolas.
Vão-se os sonhos prisioneiros,

Como pássaros para a liberdade,
Construírem seus ninhos
Na santidade intocada
Do espaço que é o palco

Onde Deus representa o Amor
Em atos de comédia e drama.
Mas quando noite abre a cortina,
Desce um pesado silêncio,

A alegria, sem avisar, vai embora
Do meu coração batendo confuso
Por não libertar minh’alma
Do laço que fiz com teus braços...

03/02/06.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 03/02/2006
Código do texto: T107725

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343298 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:01)
Maria Hilda de Jesus Alão