Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Você

Você

Veio habitar meu ser
como a luz que reluz
e sem querer
se apodera das trevas,
afoga seu negrume,
invadindo-a de lume!

Você, amor ...

Lidou minh`alma
- poliu meu ego -
finou meu trauma –
- iluminou um cego ! –

Você!

Prendeu meu medo,
em cadeias secretas ...
tocou-me  - ledo!
Fostes discreta.

Você, amor,

Abraçou a minha vida,
curou minhas feridas,
solou-me com carinho,
fez de mim um passarinho...

Você,

na posse do meu ser,
jamais quis me prender...
Olhava-me contente
mesmo,  estando eu, ausente!

Você, amor,

é dona do meu ser!
- Por ter-me, e não prender,
por ter-me, e não querer,
ser a dona, deste ser !!!
marinho
Enviado por marinho em 03/02/2006
Código do texto: T107730
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
marinho
Descalvado - São Paulo - Brasil, 67 anos
146 textos (78686 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:42)
marinho