Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO SILÊNCIO DA NOITE



A noite é que silencia...
Quando não é barulhenta...
A tristeza e a alegria
Que o dia nos apresenta.


A noite dá-nos recados
Mesmo assim, ainda é pouco
Para estarmos preparados,
E fugir do mundo louco!...


O silêncio é de ouro
E o muito ouro faz guerra...
Às vezes um mau agouro,
Deita o silêncio por terra!...


Se o silêncio não existisse,
Tinha que ser inventado
P'ra que eu às vezes te visse,
Silenciosa a meu lado!...


Com o silêncio da noite
Faz-se p'ro dia, o fermento...
E ainda há quem se afoite,
A ser sempre barulhento!...


João da Palma
João da Palma
Enviado por João da Palma em 05/02/2006
Reeditado em 11/12/2006
Código do texto: T108447
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João da Palma
Portugal, 76 anos
101 textos (8775 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:23)
João da Palma