Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AINDA TE AMO

As vezes meus sonhos confundem-se,
Com a realidade vivida e aquela esperada,
São como folhas soltas sem palavras,
Um verso que ficou escondido na alma.
As vezes acho que sonhei demais,
Esperei que a vida me favorecesse,
E ela me traiu com uma esperança inútil.
As vezes acho que nunca vou acordar,
Que o sonho é parte do que sinto,
E sem ele não sei como ser feliz.
As vezes minhas palavras me traem,
Pois digo sem dizer.. o quanto te amo ainda.


06.02.06
Sonia Ferraz
Enviado por Sonia Ferraz em 06/02/2006
Reeditado em 31/07/2016
Código do texto: T108604
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Ferraz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 61 anos
665 textos (37145 leituras)
33 áudios (5813 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:08)
Sonia Ferraz

Site do Escritor