Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ISOLAMENTO

Vou, a partir de agora, ficar só
com meus pensamentos, mergulhar
profundamente em meus devaneios,
sei que vou sentir saudades, mas ela
há muito tempo aqui se alojou e é minha
companheira...


Vou apagar a claridade dos meus
olhos, para poder  ver se enxergo
algum motivo dessa contínua prisão
que me impede aproximar da verdadeira
razão de viver só..


Vou desesperadamente agora que
a noite chegou, suplicar as estrelas,
as mesmas que são contempladas
pelos amantes, que iluminem todos
os meus sonhos em todos os sentidos,
eu preciso..


Quero, como bom lembrador,
devorar o momento quando
nossos olhos se cruzaram
naquele passado não muito distante.


Também vou lembrar quando nossos
destinos em ruidosas fantasias
juntaram-se para desfrutarmos de um
amor  e aí, com lágrimas
no coração, recordar que nos
dobramos aos caprichos da vida..


Não sei em que paragem se esconde
o nosso ontem, não sei  porque
adormecemos tranqüilos e tão
esquecidos em um mundo tão indizível
e hostil, e a causa do esquecido ser eu...








 
 
 

 
 

 

 
Wil
Enviado por Wil em 06/02/2006
Código do texto: T108720
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2616 textos (84561 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:23)
Wil