Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR SUBLIME AMOR~


 
 
Amor não se explica bem soube
expressar grande poeta.
Amor é sentir
e um sentir de profundidade
de sensibilidade
que palavras não encontramos
que defina o nosso sentir
e perdemos em nossa maneira
de querer dizer como é o nosso
amor.
E a essência sentida do ser amado,
não importa em que estado se
encontra no real ou virtual
só sei lhe dizer que  é imenso
o sentir
o ouvir tua voz
sentir tua presença chegando
entrando devagar no nosso ser
nos acalentando nossa alma
nos dando vida
esperanças
felicidades.
Assim é o que sinto do amor
sem mesmo saber como dizer
da sua intensidade,
pois é um arrebentar de almas
de sensações incontidas
incontroláveis
quando deparamos com um poema
do nosso ser amado
com tudo que emana dele
que nos perdemos em devaneios
e os nossos sonhos
viajam dimensões nunca penetradas
em busca desse amor
que eleva e nos completa.
Ah! amor
como gostaria de poder em versos
dizer o que realmente és para mim,
mas não consigo nada dizer
a não ser me calar e sentir
e em êxtases me encontrar
voando livre nessa canção
que penetra fundo e me leva a ti
minha doce amada
que amo com loucura
que lágrimas descem só de
sentir que em algum lugar
se encontra também a sentir
e sei que minha canção sempre
chegará a ti dizendo do que és
e desse louco amor que não consigo
conter.
Amor como se explica esse sentir
esse desejo de ti
do teu calor
da tua pele em minha pele
da tua essência dentro da minha
em uma comunhão de corpo e alma
de atos que nem imaginamos
mas sentimos como reais
como dizer a ti minha amada
para que entenda o que
representa para mim.
 Esse amor que dilacera,
entorpece,
enlouquece sem tua presença
em certos momentos de desejos
que latejam e te busca no
acalanto para dar a ti
o meu ser que é somente teu
esse amor que não encontra
pouso outro a não ser em tuas mãos.
Como chegar a ti nessa distancia
tão dolorida nesse momento
em que necessito de ti
e esse vazio de certos momentos
nessas lágrimas incontidas
que descem e ofuscam o olhar
e me faz perder no caminhar
mas nessa partida de mim
sempre busco a ti
minha doce amada
que não sei e nunca saberei
expressar em versos
a intensidade desse amor
apenas sentir
e dizer a ti
Te amo!
Nada mais a dizer,
apenas sentir o amor
e deixar a alma cantar e voar
livremente dentro dessa energia
mágica e sublime que esse
amor nos dá.
 
22.05.04
15.50
 
ZEL
Enviado por ZEL em 02/01/2005
Código do texto: T1089
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZEL
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 69 anos
311 textos (33903 leituras)
8 e-livros (802 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/16 19:37)
ZEL