Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A UM AUSENTE

 
Tenho razão de não ter conseguido dormir,
Tenho razão ao blasfemar contra você
Você foi embora meio assim,
Sem razão aparente e nem mesmo um porquê!

Deixou-me com aquela sensação de abandono
Sem se preocupar com o meu sofrimento
Fiquei como um bichinho acuado e sem dono
Jogada ao léu... ao relento...

Você rompeu, sem cerimônia, o nosso acordo
Desrespeitou e desfez o nosso pacto
Não se importou nem um pouco
Com a dor desencadeada por esse ato

Amanhã, voce vai chegar sorrindo
Com toda a calma e muito bem
E eu, vou lhe receber de braços abertos e sentindo
Um amor ainda maior do que o de ontem

Vou esquecer da noite mal dormida,
Até mesmo da ausência, da saudade e da dor
Me entregar de corpo e alma à sua vida
E deixar fluir o meu desejo e todo o meu amor...

 


Sônia Maria Grillo
(Baby®)



20.08.2005
Vitória-ES

 
Baby
Enviado por Baby em 07/02/2006
Reeditado em 08/08/2006
Código do texto: T109022
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Baby
Vitória - Espírito Santo - Brasil
587 textos (21959 leituras)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:18)
Baby