Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHOS AZUIS (*)

Ó formosa Senhora dos Cabelos de ouro:
Feliz sou por contemplar vossa Beleza.
Perfume de rosas enche o ar de pureza
E a vossa Visão luariza o meu desdouro. 

A Noite sempre o Dia persegue
Mas abraçá-lo ela jamais consegue.
Dos vossos Braços não me despeça,
Está escrito nesta abençoada peça. 

Os vossos Olhos azuis me prometem
Mudar de cores, que os céus refletem.
Porém, meu coração espera a deixa
Para buscar o que a Verdade enfeixa. 

Ecos acordados dos meus passados,
Pelo Destino são arrebatados.
Minhas sombras se diluem depressa
Pois o meu encantamento cessa. 

Possa eu, ainda, findar toda contenda
Que, pra minha vida, as mãos estenda.
Ela corta qual faca de afiado gume!
Que eu recomece a Vida sem queixume.

Moacir et Selena
vinte e um de janeiro de dois mil e dois


(*) adaptação da poesia EYES OF BLUE de Moacir I. da Costa Jr. (C) 2001
    http://paginas.terra.com.br/arte/moacircosta/Poetrycom/poecom2.htm
Moacir et Selena
Enviado por Moacir et Selena em 07/02/2006
Reeditado em 07/02/2006
Código do texto: T109162

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome dos autores e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moacir et Selena
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
736 textos (71196 leituras)
8 áudios (1059 audições)
5 e-livros (2339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:08)
Moacir et Selena

Site do Escritor