Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LÁGRIMA INDESEJADA

E rola a lágrima indesejada
Molhando o lenço de linho
Como o sereno da madrugada
Molha as pedras do caminho.
Porque sem amor e sem carinho
O viver é tumba no nada
Onde jaz a alma espicaçada
Por milhões de nanos espinhos
Gerando uma dor calada.
O coração sangra aos pouquinhos
E rola a lágrima indesejada.

07/02/06.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 07/02/2006
Reeditado em 18/02/2006
Código do texto: T109172

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343271 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:53)
Maria Hilda de Jesus Alão