Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escuros do amor




Quando fui mar, você foi onda,
fui noite, você lua,
fui coração, você amor,
quando você foi escuro, eu, sombra...

Estou viajante, entre o céu e a noite,
meu mundo está em preto e branco,
as vozes já não têm sons,
pelos caminhos ficaram os sonhos.

Não quero ser o amor passageiro,
quero as luzes, o clarão da paixão,
tenho motivos para tanto medo,
se o escuro não acabar, talvez morra.

Enquanto meu mundo não gira,
palavras vão ao vento até você,
as lágrimas são pelas ausências,
fico à espera, ainda que nada brilhe.

Um dia apagarei as sombras,
quero o mundo iluminando o peito,
os brilhos intensos como sol,
aquecido como meus sonhos perdidos.

10/11/2004

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 10/02/2006
Código do texto: T110173
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116244 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:45)
Caio Lucas