Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"UNIÃO SINGELA"

Quando o dia amanhece
E eu levanto do meu leito,
Num bocejo estufo o peito
Ressonando está você.

Que é toda razão
Da minha vida,
Uma história bem vivida
Meu acalanto, meu prazer.

É grande o esforço
Pra deixar aquela cama,
Ainda de pijama
De leva eu beijo você.

Pego uma escova
Pro asseio matinal,
Sem barulho...coisa e tal
Pra não acordar você.

Escovo os dentes
Tomo o café, ali sozinho,
Volto, espio o nosso ninho
Outra vez, beijo você.

Velo seu sono
Ouço você ressonar,
Tenho que ir trabalhar
Vou sair sem você ver.

A tarde vem
tenho pressa de ir embora,
Eufórico, nem vejo a hora
Quero abraçar você.

Chegando em casa
Quero cair nos seus braços,
Vou esquecer o cansaço
Tenho que correr agora.

À noite, no ìntimo
Do meu quarto,
Vou me enroscar nos seus braços
Quero só amar você.

É assim, o nosso dia a dia
A nossa união singela,
Eu não esqueço a imagem dela
Nossos momentos de amor.

Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 10/02/2006
Código do texto: T110315
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
3870 textos (257177 leituras)
185 áudios (36330 audições)
9 e-livros (7402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:13)
Antonio Hugo

Site do Escritor