Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOCE AMOR:

Doce amor

À noite
Calmamente chega
Eu aqui espero por ela
Que deve estar chegando
A qualquer momento
Ela surgira por aquela porta.
E virá em minha direção
Trazendo nos lábios um sorriso
Seus olhos mostram seus desejos
Sua boca me oferece seus beijos
E pede pelos beijos, meu.
Seu corpo vem sem pressa alguma.
De uma maneira provocante.
Sensual, se enrosca em mim.
Sem me dar chances me enlouquece.
De uma maneira bem especial
Que só ela sabe, se despe, sem pressa.
Não aceita ajuda, apenas me atiça.
Eu não resisto, a pego de jeito.
A jogo no leito, faço amor com ela.
Bem do jeitinho que ela quer.
Num gemido de prazer, ela se rende.
E se entrega num delírio de doce amor.

                                        Volnei R. Braga


Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 12/02/2006
Código do texto: T110793
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147454 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:06)
Volnei Rijo Braga