Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor sublime amor

       
Amor que me conduz a devaneios
Palavras que se perdem pelo ar
Saudade de momentos não vividos
De lábios que jamais irei beijar.
 
Mulher que invade meus sentidos
E revira minha vida pelo avesso
Que busco no brilho das estrelas encontrar
E inutilmente tento em meus braços aprisionar
Como à um raio prateado em noites de luar.
 
Viajo no som de tua meiga voz
Gravando cada frase em minha alma apaixonada
Porque no amor não existe meio termo
Ou se ama muito, ou não se ama nada.
 
Mulher que envolvida na paz de meu carinho
Busca palavras para em vão me contradizer
Que é a luz a que ilumina meus caminhos
Nesse meu jeito romântico e poético de ser.
 
Sei que seguimos pela vida por estradas paralelas
E com certeza jamais irão se encontrar
Mas mesmo que queiras, nunca poderás negar
O único alento que me resta...essa vontade louca de te amar.
 
E saibas que o amor é como o sol dourado
Cujo brilho e calor não podemos transferir
E mesmo desprezado,ignorado , rotulado de pecado
Será eternamente uma luz a te seguir.
 
 
 
 
 Site do autor:

www.luzdapoesia.com
 
 
FalcaoSR
Enviado por FalcaoSR em 14/04/2005
Reeditado em 09/04/2010
Código do texto: T11216
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FalcaoSR
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
202 textos (26765 leituras)
7 áudios (1511 audições)
8 e-livros (331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:27)
FalcaoSR