Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ciúme Virtual

 
Fito meus olhos no espelho
E  vejo refletido o teu retrato.
Viajo na amplidão de meus anseios
E ouço tua voz em devaneios.

Onde  andarás , musa de minha poesia
Serás tão bela como em tela te criei
Es tão sublime como o amor que te ofertei
Tão generosa e pura como em sonhos imaginei.

Porque te amo tanto, se nunca te encontrei
Porque me sinto  teu senhor , teu  amor...
Se desfilas em múltiplas telas coloridas
Alimentando sonhos e quimeras de outras vidas.

Ciúmes...sim ... atormentam-me
Do acalanto de teu carinho
Das frases que passam velozes
Iluminando meus caminhos.

No firmamento a lua esta rodeada de estrelas
O silêncio me diz que a madrugada chegou
A solidão cita coisas que  nem quero imaginar
Ciúmes de quem se espelha no brilho de teu olhar.

Já ouço o cantar dos pássaros
A manhã já vem chegando
Mas uma noite que passo
Por teu amor divagando.

Prometo-me nunca mais por teu amor ansiar .
Mas o dia  vai passando a saudade aumentando.
Chega a noite de mansinho e me vejo frente à tela,
Coração descompassado... não tem jeito admito..
Mas uma noite de espera... pois meu destino é te amar.



Site do autor:

www.luzdapoesia.com





FalcaoSR
Enviado por FalcaoSR em 14/04/2005
Reeditado em 09/04/2010
Código do texto: T11281
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FalcaoSR
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
202 textos (26765 leituras)
7 áudios (1511 audições)
8 e-livros (331 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:06)
FalcaoSR