Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CENTELHA

Centelha se acende
Dentro de mim
Levando ao seu encontro
Palavras cálidas
Fazem te arrepiar
Trêmula entre sentidos
Apática nos anseios
Perde o rumo
Tateia em escuro
Quer refúgio
Ondas a levar
Nas nuvens da paixão.

Centelha se acende
Dentro de mim
Voltando desse breve
Acaso inconseqüente
Num pudor mágico
Incandescente enleva
Nas pirâmides alvas
Testemunhas em nosso afã
Levemente nos desvencilha
Onde somos somente
Puros desejos
Mundo todo nosso.



Julio Alves Filho
Enviado por Julio Alves Filho em 17/02/2006
Código do texto: T112924

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Julio Alves Filho). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Alves Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
233 textos (13519 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:23)
Julio Alves Filho