Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0595 - Buscas



 
Sigo em busca de caminhos além do seu corpo,
quero minh'alma tranqüila, como sono de anjo,
as passadas firmes, as batidas descompassadas da paixão;
enquanto a pele fica úmida no meio das suas dobras,
deite sua cabeça em meu peito nu,
feche os olhos e sonhe por segundos, até adormecer...

 
Voe através de seus pensamentos, sinta-me seu,
corra sua língua por minha pele, devagar limpe o sal,
toque o piso do meu coração, está limpo de amor,
retome as linhas da vida, deseje sentimentos a dois,
sinta que os brilhantes dos seus olhos vieram aos meus,
volte à terra, volte amor meu, para você minhas mãos esperam...

 
Adormeça suas vontades e os ontens de outrem,
tome suas asas, as minhas se preciso for, voe!
Venha dar voltas no espaço que meu desejo lhe oferece,
viver cada pedaço de sonhos que inventaremos,
ao longo do caminho lhe direi do amor meu, fale do seu,
até nos extasiarmos e provarmos dos prazeres no topo do mundo.

 
Seguiremos em busca de todos os sentidos da vida,
de propósito rezaremos a todos os deuses;
quando cansar, deita seu corpo na minha cama de paz,
sorria com seus dentes lambuzados de meus beijos,
faça minha sua vontade, todas, uma a uma...
quando e depois de muito sonhar acordaremos o amor.

 
Deixe sua resposta do lado de fora do meu coração,
marque suas intenções com os lábios de batom,
reponha os cristais em seus olhos até que brilhem,
guardarei cada frase escrita, cada pensamento seu,
habite meu corpo como farei ao seu, tome, use-me;
quando não mais sonhar, lhe darei mais amor, todo o meu...

 
17/02/2006

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 17/02/2006
Código do texto: T113020
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116253 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:52)
Caio Lucas