Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GARÇOM:



Garçom:


Garçom...
Por favor, responda.
Quem é, que está cantando.
Esta canção vai, diz quem é ela.
Pois, esta canção, esta voz, lembra.
Coisas, que eu queria esquecer.
Por isso garçom, pela nossa amizade.
Vá lá, e peça, a ela que pare.
Para, que eu não chore de tristeza.
Pois, é, o que estou sentindo agora.
Uma vontade louca, para chorar.
Garçom se, és meu amigo, vá logo.
E, acabe com esta tortura,
Ou, faça-me o favor, me leve até lá.
Quero ver, quem está, ao piano.
E, eu mesmo pedirei, a ela que pare.
Se for preciso, quebrarei o piano.
Sei, que, ela e o piano, não tem culpa.
Mas, eu preciso acabar com isso.
Levantei-me, o piano havia calado.
Em pé a seu lado, a cantora.
Que andou para mim em silencio.
Era, o meu passado que voltava.
Não nos falamos, apenas um beijo.
Um abraço, então, uma nova canção.
Ao piano, alguém cantou, para nós.
A mais linda, das canções, de amor.
Na voz, do meu amigo garçom.


                                           Volnei R. Braga:
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 18/02/2006
Código do texto: T113240
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147472 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:00)
Volnei Rijo Braga