Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Insensatez

Mais uma vez, 

o coração me trai...

É menino rebelde, 

pensa por si mesmo

Não ouve conselhos, 

não quer nem saber

Mas quando sangra, 

me culpa pela insensatez...

Ensaiei frases, 

fingi ter controle, 

mas deixei acontecer...

(Porque sou assim? Será que gosto de sofrer?)

Se for calma e paz o que procuro,

porque mergulho de cabeça em águas tão desconhecidas?

Acho Que Esse É O Meu Jeito De Amar,

Talvez Serenidade Não Seja Pra Mim...

Gosto de sentimentos a flor da pele

Gosto dessa ânsia, 

que é quase desespero,

Dessa eterna procura...

“...Eu Sou Insensata...”




https://www.youtube.com/watch?v=dJH2516madU


*Só louco amou como eu amei
Só louco quis o bem que eu quis
Ah! Insensato coração...  

(Gal Costa)



 
Carinhosa
Enviado por Carinhosa em 18/02/2006
Reeditado em 19/06/2015
Código do texto: T113529
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carinhosa
Curitiba - Paraná - Brasil
657 textos (164696 leituras)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:46)
Carinhosa