Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esperando a madrugada

Chegou inesperda,
um raio em calmaria,
se foi tão apressada,
em plena luz do dia.

Deixou ferida aberta,
a minha vida incerta,
e minh'alma vazia.

De noite voltou em sonho,
curou minha ferida,
satizfez minh'alma,
floresceu minha vida.

Ai! Que paixão doída,
mas tão linda é minh'amada,
que passo os meus dias,
esperando a madrugada.

Ullisses Salles 17.02.2006
Ullisses Salles
Enviado por Ullisses Salles em 19/02/2006
Código do texto: T113789
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ullisses Salles
Suíça, 40 anos
219 textos (69833 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:30)
Ullisses Salles