Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOVAMENTE

Confesso, foi surpresa
tudo ocorreu sem qualquer sentido
tua volta, esse estado
traduzindo um coração desolado

Não sei porque partiu
porque mentiu, porque traiu
a razão dessa ausência tão louca
afinal, você sabe quem sofreu?

Lembro teus gestos na despedida,
um sorriso solto, descontraído
quiçá querendo dizer de uma liberdade
e que jamais teria saudade

Saudade de nós
daqueles momentos sublimes
saudades do sentimento que nos envolvia
e de tudo o que fizemos com alegria

Voltou sofrida, desiludida
sem aquele sorriso da despedida
querendo tudo aquilo que você desmoronou
e novamente o coração que um dia te abrigou...


 
 







 
 

 
Wil
Enviado por Wil em 22/02/2006
Código do texto: T115170
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2613 textos (84518 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:47)
Wil