Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AO MEU AMOR!

O meu amor
Foi pra longe,
Nem mesmo sei pra onde.

Sinto saudades dos seus sorrisos
Das coisas bonitas que dizemos
Às vezes, nem palavras temos... 
Sinto vontades!

Ao meu amor, eu disse...
Vai, tudo está bem divirta-se
Mas o peito estava apertado, doído.

Coração angustiado, apreensivo
Sem saber, como seria ficar
Sem ela por aqueles dias.

Ao meu amor, provoquei ciúmes...
Que bobagem!
Talvez quisesse que sentisse um pouco da dor
Que por agora aperto no peito.

E se pudesse... Pediria fique!
Não se vá...
Mas, como posso fazer isso?

Ao meu amor,  posso tudo!
Amo tanto, quero estar junto, sinto falta do olhar
Do seu quarto, quase sempre escuro

Sinto falta do seu bom humor
Fazendo dela, essa pessoa linda
E mesmo que de longe, esteja ainda...
Chamarei sempre de: Meu amor!





paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 24/02/2006
Reeditado em 17/03/2010
Código do texto: T115662

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2587 textos (469596 leituras)
57 áudios (6063 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:20)
paulo cesar coelho

Site do Escritor