Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU POEMA:

Meu poema:


Um poema...
Eu queria para mim.
Um, dia, comecei a escrever.
Mas faltou-me inspiração.
Meu poema jamais terminei.
Pois, outro poema, eu comecei.
Porque, m’ alma, pedia.
Para que eu escrevesse, apenas.
Sobre lembranças do passado.
Então meu poema escrevi.
Mina inspiração voltou.
Meu poema eu recomecei.
Exatamente naquele dia.
Em que, eu a conheci.
E, como tudo começou.
Para meus versos, eu passei.
Falei do nosso primeiro beijo.
Da nossa primeira, mentirinha.
No dia em que fugimos.
Para irmos ao cinema.
Juntos, queríamos assistir.
Nosso primeiro filme proibido.
Uma mentira ao porteiro.
Que sei, que não colou.
Com uma gorjeta, foi fácil.
Entramos, na ultima fila sentamos.
Ali no escurinho trocamos.
Nosso primeiro beijo de amor!

             
                        Volnei R. Braga;
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 28/02/2006
Código do texto: T116892
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:40)
Volnei Rijo Braga