Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conversando com meu umbigo...

Acordei pensando na vida... Enquanto amanhecia batia um papo com meu umbigo... (grande conselheiro o danadinho!!) fazendo uma retrospectiva dos últimos acontecimentos me vejo questionando uma série de coisas... É umbigo.... Que vida engraçada! Falamos tanto em liberdade... e nos vemos amarrados... Presos a normas, tabus e por ai vai...Engessados e por vezes sem ânimo para a luta...   Pergunto-me onde está escrito ou definido que para amar e ser feliz é preciso, antes, já se ter conhecido há vários dias, meses até...ou  é preciso ser jovem,  e saudável... Que loucura amigo umbigo!!! quanto preconceito...

Hoje em dia passamos grande parte de nossas vidas fazendo coisas para agradar aos outros... e em alguns momentos esquecemos  mesmo de nossos desejos... ás vezes o  mais simples... Como nos maltratamos!  Deixamos de nos agradar para agradar a outrem que nem sempre é merecedor... e após nos sentimos derrotados... impotentes em enfrentar o mundo... que coisa triste... (calma  umbigo...não se  revolte...).

Vamos aprender a NOS agradar... Quem disse que para amar – morrer de amor -  é necessário ser conhecidos há muito tempo? Porque não nos deixarmos invadir pelo sentimento puro e simples... ( umbigo... você sabe onde encontro isto?sobre este tempo?)   Não faço a mínima idéia... o que sei é que hoje em dia o mundo com suas necessidades passa voando... e se não o acompanhamos nos perdemos, ficamos para trás, perdemos o bonde...

Engraçado que hoje me pego pensando nisto... e redescubro uma coisa importante...  Ontem, hoje e daqui por diante me permito e continuarei me permitindo tudo... Amar com loucura... e porque não fazer loucuras? Me permito... e me entrego... sem frescuras, sem barreiras... da forma que mais me apetecer...deixo que a emoção me tome... Não me interessa pensar que daqui a um tempo não mais terei forças... O que importa é viver o hoje... o agora... sem medo...  a idade? Permite-me tudo... Onde está escrito que por conta da idade morre-se para o prazer? O tesão? Este tem que existir...Sempre... se iniciar uma relação com tesão... porque não acrescentar ao  tesão um outro sentimento?– o amor.. a cumplicidade... o companheirismo... Reafirmo o melhor não é  mudar... mas acrescentar... sim, pois se não existir o tesão como todo o resto se desenrolaria? Esta é a questão meu querido umbigo!!!  Mas já resolvida... não mudo!

Com toda a atual tecnologia ainda encontramos pessoas experientes engessadas... Tolhidas no ponto mais simples que é o se dar... onde os questionamentos “ o pode e o não pode” ou “devo ou não devo” falam mais alto... mais até que o sentimento puro e simples...  tudo isto é uma pena... pois deixamos passar momentos preciosos que certamente não se repetirão... É... meu querido amigo umbigo... o que podemos fazer para acordar estas pessoas? Não sei... sinto-me impotente ante os acontecimentos. É estranho... como lutar quando a outra parte teima em estacionar numa estrada secundaria, deixando que a vida passe sem se deter... Como fazer a outra parte entender que a estrada principal da vida nos leva a alegrias, prazeres, mas em alguns momentos a dores...não sei... Sinto-me imobilizada ante a falta de coragem de alguns... mas sei que ainda luto... Continuo na luta acompanhada por meu valente amigo... Meu umbigo... que me a toda hora me anima...” anda! Vai a luta... você conseguirá...

21/09/2005 -

Serie – Deixando a vida me levar

http://cantodosencantos.zip.net
ZingaraRJ
Enviado por ZingaraRJ em 01/03/2006
Reeditado em 03/02/2007
Código do texto: T117197
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZingaraRJ
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 63 anos
69 textos (9162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:08)
ZingaraRJ