Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

......CERTA VEZ.......

CERTA VEZ,NÃO CORES DESSE JEITO!
EU ERA UM ESTUDANTE DIREITO
E VOCÊ UMA GINASIANA
PODIAMOS, PORTANTO,MEU TESOURO
FAZER COMO FIZEMOS SEM DESDORO
ESSA LOUCURA QUE HOJE NOS AMAINA

COM QUE EMOÇAO!RECORDAS?
EU VINHA TE ESPERAR ANSIOSO
NAQUELE PORTÃO DE PLAGÊNCIAS CAVAS
E COMO UM CAVALHEIRO QUE SE PREZE
IA TE LEVAR DEPOIS DA AULA
ATÉ O PORTÃO ONDE MORAVAS

E CERTA VEZ-NÃO CORES DESSE JEITO
ERA NOITE E ARFAVA-NOS O PEITO
ARDIA ENTRE NÓS UM LANGUIDO ANSEIO
TOMEI-TE AS MÃOS...SORRISTE
E NUM ARROMO
NOSSAS BOCAS SEM SABERMOS COMO
SE UNIRAM NUM CARINHOSO BEIJO

                          DESEJO A TODOS UM BELO DIA,
                            CHEIO DE PAZ E ALEGRIA
carmela
Enviado por carmela em 01/03/2006
Código do texto: T117260
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
carmela
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
56 textos (5083 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 23:55)