Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA NOVA CHANCE

Às vezes me pergunto
por que o jeito de amar mudou tanto
ou será que a mudança lá no fundo
é no ser humano sem fé, que virou profano?

Eu continuo a mesma romântica de sempre,
amo amar e me entregar ao amor
e mesmo que não haja reciprocidade
amar para mim é ainda o sentimento motor

que faz funcionar essa engrenagem
tão complicada de nome coração
batendo dentro do peito com voragem
fazendo da vida, uma grande benção

mesmo que seu amor não lhe queira
o fato dele existir, já nos completa
pois respira o mesmo ar que nos rodeia
e nos impulsiona a atingir nossa meta

o amor não pode ser egoísta e nem intolerante
deve saber esperar o momento certo
em que o ser amado mesmo que errante
nos procure e queira ficar por perto

mas se isto não acontecer,
não se aflija e nem entre em retrocesso
outro amor sem dúvida vai aparecer
talvez até melhor e mais completo

e aí, você verá com naturalidade
que nem sempre amamos a pessoa certa
e aquele amor descomunal era na verdade
apenas uma ilusão vivida de forma incorreta

desacorrente-se de emoções mutiladas
dê-se à chance de enxergar outro amor
abra as comportas que você mantém fechadas
e deixe fluir livremente sua mágoa e sua dor

exorcizando o sentimento negativo
estará livre para se deixar cativar
por alguém que também quer ser cativo
e assim quem sabe? Um novo ciclo poderá se iniciar!



Sônia Maria Grillo
(B@by®)



18.01.2006
Vitória-ES
Baby
Enviado por Baby em 02/03/2006
Reeditado em 08/01/2009
Código do texto: T117576
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Baby
Vitória - Espírito Santo - Brasil
587 textos (21960 leituras)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:39)
Baby