Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

'SEU'

Gosto
quando sua mão escorrega
e me leva
me aquece e gela
as vezes queima
de repente neva

Gosto
de rimar seu nome
com qualquer flôr
com qualquer jeito de amor
as vezes me ama tanto
as vezes me é só dor

repousa agora neste leito de pelos
que te aconchega e te proteje
sabes que estas bem guardada
dentro deste peito meu

repousa  quem cavalga  meus sonhos
envolvida neste laço-meu-abraço
suspiras cansada e tão amada
ouves o coração que é somente seu
Sergio Cortes
Enviado por Sergio Cortes em 02/03/2006
Código do texto: T117811
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sergio Cortes
Uberaba - Minas Gerais - Brasil, 53 anos
102 textos (4493 leituras)
4 áudios (127 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 21:52)
Sergio Cortes