Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

sempre

sempre desejei ser algo de bom em sua vida
alguém que lhe fizesse sentir bem
alguém que quando você precisasse estaria a seu lado
alguém que se alegra em vê-la sorrir
e seca suas lágrimas quando está a chorar
alguém que pudesse levar você em breves momentos
para um lugar de paz e harmonia
onde só existiria o carinho
longe da realidade que tanto nos magoa e faz sofrer
passei muito tempo tentando abrir uma brecha em sua muralha
tentando ver um pouco do que esconde
o triste castanho de seus olhos
e você ligeira e astuta como poucas
conseguiu sempre se esconder
não sei o que procura o que deseja
nem o que lhe faz feliz
seja o que for
somente você poderá se permitir viver um pouco de felicidade
seja com quem for quando for e onde for
quanto a mim... se não posso ser algo de bom em sua vida
com certeza nunca serei algo de ruim e nunca lhe farei mau
te quero bem hoje e sempre
desisito não posso ser mais do que sou nem lhe oferecer mais do que isso...
valdemir pedroso
Enviado por valdemir pedroso em 02/03/2006
Código do texto: T117887
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
valdemir pedroso
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
115 textos (6953 leituras)
16 áudios (537 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:17)
valdemir pedroso