Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE VENHA A CHUVA

NO LIMIAR DA LETARGIA ESTAVA EU

DE UM ANTRO INDEFINÍVEL ELA SURGIU.

ENTROU...VENTANIA...MEUS CABELOS ERIÇARAM!

CONTER-ME JÁ NÃO PUDE...ATRÁS FUI.

TORNANDO-SE:VENDAVAL...REVIROU MEUS SENTIMENTOS;

BRISA DA MANHÃ...ACALMOU MEU CORAÇÃO.

DE SUA MAGNÍFICA FIGURA SENTI DOCES ILUSÕES.

ENTÃO CHAMOU-ME...EU FUI

SEM MEDO,COM DESEJO.

DOCE VENTANIA,BRISA DE VERÃO,

MANHÃ DE PRIMAVERA,QUE CHOVA SOBRE MIM

TEMPESTADE DE PAIXÃO.


zeliaangel
Enviado por zeliaangel em 03/03/2006
Código do texto: T118126
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
zeliaangel
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
19 textos (4801 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:24)
zeliaangel