Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Janela da Alma

Muito dias se passarão
Além da janela dos meus olhos
Vejo tua presença em tudo
Em todos os momentos que se tornarão reluzentes


Raridades que me enlevam
Embaçam meus sentidos
Deixando-me alheia a vida
Fazendo mortal acima de tudo ...


A cada instante que estas ausente
Morre um pouco do que há em mim que ainda é criatura
Ser humano a tentar me livrar da dor
Em minhas utopias que já são distantes
Deixo de pensar em ti para me lembrar somente do amor


Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 03/03/2006
Código do texto: T118349

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wanda Ayala-www.recantodasletras,.uol.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (36700 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:10)
Wanda Ayala