Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0611 - Eu, você e a noite




É noite por todos os meus lados,
tenho ainda sonhos de felicidade,
no rosto deixo estampado desejo,
nas mãos carrego promessas vazias,
algumas deixei cair pelo caminho.


Percebi que estava fraco,
a tristeza estava presente,
levantei hoje junto com sol,
espero a lua ir,
incompleto, não amanheço amor.


Alguns sonhos fugiram quando parti,
as lágrimas já não são de saudade,
duvido que ela exista,
o tempo tenta me ensinar e eu teimo,
morro a cada tarde, a noite me apaixono.


Deveria perceber os caminhos errados,
pediria informação se alguém soubesse amar,
continuarei tentando ser melhor amante,
sei que posso querer mais e melhor,
até que os dias e as noites tenham sol.


Falta pouco, tenho quase nenhum tempo,
já não sinto as dores da solidão,
preciso conhecer melhor meu outro amor,
o amor homem mulher, exatamente o que sonhei,
seremos eu, você e a noite por todos os lados.


04/03/2006


Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 04/03/2006
Código do texto: T118578
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116252 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:00)
Caio Lucas