Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porquê?

Poema baseado em vários de notável simplicidade da grande cantora brasileira Adriana Calcanhoto; gostava de ter o dom dela para as palavras simples e lindas

PORQUÊ?

O céu está enublado
Quando me apetece dançar
Pois é ao sol que me quero mostrar

Porquê?

A gente se mexe
Quando quieta deve estar
Para melhor a vida
Poder admirar

Porquê?

Os rios nascem
Sempre no mesmo sentido
Pois se o fizessem ao contrário
Era muito divertido!

Porquê?

Que o primeiro prémio ganha uma medalha cara
E o último um prémio de consolação
Se todos ganhassem o mesmo
Haveria muito menos confusão

Porquê?

Que é que o amor
Tem sempre que ter
Um pedaço de dor
Assim não se ama em condições
Sabendo que gostar de alguém
É um mar de contradições
Onde as vagas são os beijos
E os rochedos discussões
É talvez por isso que o mundo não se entende
Anda sempre aos empurrões…

Porquê?

Poema protegido pelos Direitos do Autor
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 08/03/2006
Reeditado em 16/03/2006
Código do texto: T120469

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5078 textos (170361 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:12)
Miguel Patrício Gomes